Faixa publicitária
SEMANA DOS SEMINÁRIOS 2011 06 _ 13 Novembro 2011 PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Notícias - Notícias

Formar pastores consagrados totalmente a Deus e ao seu Povo


A Semana dos Seminário 2011 tem como lema “Formar Pastores Consagrados Totalmente a Deus e ao seu povo”. É precisamente essa e só essa a finalidade dos nossos três Seminários Diocesanos ( Nossa Senhora da Conceição – Sé, Santa Teresa do Menino Jesus – Redemptoris Mater, Vilar e o Bom Pastor – Ermesinde, bem como o Pré-Seminário.

 

Vendo com algum detalhe: “Formas pastores”, isto é, colaborar com o Espírito na obra – para não dizer milagre – de fazer brotar no coração de alguém os sentimentos do próprio Jesus Cristo, que se condoía por ver tanta gente como ovelhas sem pastor e foi Ele mesmo o Bom Pastor que deu a vida pelo seu rebanho. Não está ao nosso alcance uma obra assim. Mas é missão da igreja e muito particularmente dos Seminário, pedir para que tal aconteça e discernir o que o Espírito vai fazendo nesse sentido.

 

 

 


“Consagrados a Deus”, ou seja, na entrega absoluta de si ao Pai, como Jesus e no Espírito de Jesus, respondendo a um particularíssimo apelo que fará de cada seminarista e sacerdote um estímulo permanente de consagração para todo o povo sacerdotal, que na Igreja é e deve ser, mais e mais. Como escreveu São Pedro Julião, já em ambiente suburbano e opaco, “o mundo sufoca porque não adora”. Precisa por isso de sinais vivos de Cristo Sacerdote, que realizem uma entrega infinda de si mesmos, que fará deles sinais de verdadeira paz, aquela que só Deus e com Deus se consegue. A prioridade à oração pessoal e comunitária, incrementada em cada Seminário, é fundamental nesse sentido.

 

Mas não há consagração a Deus que não resulte em consagração “ao seu povo”, continua o lema deste ano. “Quem não ama não conhece a Deus”, lembra a 1ª carta de S. João, porque “Deus é amor”. A consagração a Deus resulta e verifica-se no serviço pronto a toda a criação e muito especialmente a todos os que são chamados, em Cristo, à autêntica filiação divina. O Seminário é uma escola diária de amor a Deus e ao próximo, na aceitação mútua, no serviço humilde, na atenção constante.

 

Consagração “total”, finalmente, pois não é algo que se faça episodicamente e sem verdadeiro compromisso. Só na totalidade da entrega a Deus e ao próximo há verdadeira consagração: Deus é a realidade absoluta e os outros são a sua presença constante, pois, em Cristo, assumiu a humanidade e neles nos espera agora: “Tive fome e destes-me de comer...”.

 

Cada um dos nossos Seminários, no seu dia-a-dia orante e solidário, é a escola prática de sinais vivos de Cristo Pastor. Rezemos todos para que assim seja sempre e mais, na correspondência à vontade de nosso Deus e sob a protecção constante de Nossa Senhora e São José.

 

Memória de S. Francisco de Assis, 4 de Outubro de 2011

+ Manuel Clemente

 


Mais informações: http://www.ecclesia.pt/semanaseminarios2011

 

Projecto de Pastoral Vocacional Juvenil - LINK

 


 

Senhor Jesus, Bom Pastor,
que em obediência ao Pai
dais a vida pelas ovelhas,
concedei-nos as vocações sacerdotais
de que a Igreja e o mundo tanto necessitam.
Fazei que as nossas famílias e comunidades
sejam campo fértil, onde possam germinar.
Abençoai o trabalho apostólico
dos sacerdotes, catequistas e educadores
para que acompanhem a vocação sacerdotal
daqueles que escolheis.
Dai aos jovens seminaristas a coragem de Vos seguir
e o dom de configurarem o seu coração com o Vosso.
E que Santa Maria, Vossa Mãe, Rainha dos Apóstolos,
os guie e proteja, até chegarem a ser
pastores consagrados a Deus e ao seu Povo.
ÁMEN.

 

 

Formar Pastores Consagrados Totalmente a Deus e ao seu Povo

 

A Semana dos Seminário 2011 tem como lema “Formar Pastores Consagrados Totalmente a Deus e ao seu povo”. É precisamente essa e só essa a finalidade dos nossos três Seminários Diocesanos ( Nossa Senhora da Conceição – Sé, Santa Teresa do Menino Jesus – Redemptoris Mater, Vilar e o Bom Pastor – Ermesinde, bem como o Pré-Seminário.

 

Vendo com algum detalhe: “Formas pastores”, isto é, colaborar com o Espírito na obra – para não dizer milagre – de fazer brotar no coração de alguém os sentimentos do próprio Jesus Cristo, que se condoía por ver tanta gente como ovelhas sem pastor e foi Ele mesmo o Bom Pastor que deu a vida pelo seu rebanho. Não está ao nosso alcance uma obra assim. Mas é missão da igreja e muito particularmente dos Seminário, pedir para que tal aconteça e discernir o que o Espírito vai fazendo nesse sentido.

 

“Consagrados a Deus”, ou seja, na entrega absoluta de si ao Pai, como Jesus e no Espírito de Jesus, respondendo a um particularíssimo apelo que fará de cada seminarista e sacerdote um estímulo permanente de consagração para todo o povo sacerdotal, que na Igreja é e deve ser, mais e mais. Como escreveu São Pedro Julião, já em ambiente suburbano e opaco, “o mundo sufoca porque não adora”. Precisa por isso de sinais vivos de Cristo Sacerdote, que realizem uma entrega infinda de si mesmos, que fará deles sinais de verdadeira paz, aquela que só Deus e com Deus se consegue. A prioridade à oração pessoal e comunitária, incrementada em cada Seminário, é fundamental nesse sentido.

 

Mas não há consagração a Deus que não resulte em consagração “ao seu povo”, continua o lema deste ano. “Quem não ama não conhece a Deus”, lembra a 1ª carta de S. João, porque “Deus é amor”. A consagração a Deus resulta e verifica-se no serviço pronto a toda a criação e muito especialmente a todos os que são chamados, em Cristo, à autêntica filiação divina. O Seminário é uma escola diária de amor a Deus e ao próximo, na aceitação mútua, no serviço humilde, na atenção constante.

 

Consagração “total”, finalmente, pois não é algo que se faça episodicamente e sem verdadeiro compromisso. Só na totalidade da entrega a Deus e ao próximo há verdadeira consagração: Deus é a realidade absoluta e os outros são a sua presença constante, pois, em Cristo, assumiu a humanidade e neles nos espera agora: “Tive fome e destes-me de comer...”.

 

Cada um dos nossos Seminários, no seu dia-a-dia orante e solidário, é a escola prática de sinais vivos de Cristo Pastor. Rezemos todos para que assim seja sempre e mais, na correspondência à vontade de nosso Deus e sob a protecção constante de Nossa Senhora e São José.

 

Memória de S. Francisco de Assis, 4 de Outubro de 2011

+ Manuel Clemente

Anexos:
Fazer download deste arquivo (Folheto SEMINÁRIOS DO PORTO.pdf)SEMANA DOS SEMINÁRIOS 2011
 Folheto dos Seminários do Porto
Fazer download deste arquivo (ROGAI esquema.pdf)SEMANA DOS SEMINÁRIOS 2011
 NOVO PLANO DA ORAÇÃO DIOCESANA PELAS VOCAÇÕES CONSAGRADAS E SACERDOTAIS
Fazer download deste arquivo (SS_2011_livro.pdf)SEMANA DOS SEMINÁRIOS 2011
 Guião
Fazer download deste arquivo (SS_CartazA3.pdf)SEMANA DOS SEMINÁRIOS 2011
 Cartaz
Fazer download deste arquivo (SS_Pagela100X150.pdf)SEMANA DOS SEMINÁRIOS 2011
 Pagela
 
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Quer receber as nossas novidades no seu e-mail? Subscreva a nossa Newsletter especificando o seu endereço de e-mail:

Missa da Peregrinação diocesana do Porto de 9 de Setembro 2017

Angelus TV

D. António Maria Bessa Taipa em entrevista à Voz Portucalense
2017-10-11 16:12:03
Powerpoint + PDF
2017-10-09 11:26:12
Recursos gráficos
2017-09-19 13:45:08
Formato ICS (Google, Outlook, iCal, ...)
2017-08-21 15:07:09
Faixa publicitária
Faixa publicitária


© Diocese do Porto, Todos os Direitos Reservados.