Faixa publicitária
Homilia no Cinquentenário da presença dos Padres Passionistas na Diocese do Porto PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Documentos - Homilias 2015

 

1.Celebramos, hoje, o sexto domingo da Páscoa. A fé em Jesus Ressuscitado deve levar quantos n’Ele acreditam e O seguem como seus discípulos a viver como verdadeiros irmãos. Esta forma fraterna de vida é o único critério que nos permite afirmar que estamos em comunhão com Deus e é o melhor modo de abrirmos as portas à alegria pascal.

 

Toda a vida cristã é vida comunitária. É em comunidade que nós somos chamados a fazer experiência de Igreja convocada para escutar a Palavra de Deus e para tornar presente no coração do mundo o amor de Deus. “Assim como o Pai Me amou, também eu vos amei. Permanecei no meu Amor” (Jo15, 9-17), dizia-nos o evangelho.

É ainda nesta experiência de vida de irmãos que descobrimos e aprendemos uns com os outros a saborear a presença de Deus que “é amor”, como nos diz S. João na segunda leitura (1 Jo 4, 7-10). É igualmente em Igreja que nós nos sustentamos uns aos outros na fé, na esperança e na caridade. Assim impregnada deste amor de Deus, revelado em Cristo, a comunidade cristã volta-se com espírito de missão para o mundo a evangelizar, tão carecido de fé, de alegria, de misericórdia e de paz.

É do amor de Deus que nos fala Jesus no evangelho. É ainda do amor de Deus que se trata quando vemos comunidades, fermento de um modo novo de viver, firmes na fé, fortalecidas na esperança, ousadas na caridade, partilhando bens, sustentando os irmãos mais frágeis, anunciando com alegria a certeza infinda da ressurreição.

É amor de Deus pelo seu Povo o dom inestimável de pessoas que se decidem a seguir o Ressuscitado até onde Ele nos leve e que dizem com a verdade dos primeiros discípulos: «Vimos o Senhor». E porque O viram, vivo e ressuscitado, decidiram-se a segui- Lo, numa vida cristã coerente, num testemunho de vida cheio de coragem. A firmeza da fé é um desafio difícil e uma ousadia exigente, que nos leva a  partilhar alegrias e dores com os irmãos e com os vizinhos.

2. Reunimo-nos, hoje, nesta Igreja dos Missionários Passionistas, em Santa Maria da Feira. Fazemo-lo à volta do altar da Eucaristia para neste cinquentenário da presença passionista na nossa Diocese agradecermos a Deus o testemunho, o carisma e a ação pastoral dos Missionários Passionistas entre nós.

Aqui, a comunidade cristã encontra acrescidas razões para sentir a alegria da Páscoa. Somos uma Comunidade que agradece a Deus o dom da presença passionista no Porto, lembra todos os missionários e alunos do Seminário que por aqui passaram ao longo destes cinquenta anos e abre caminhos de missão ao nosso futuro como Igreja do Porto, unida na comunhão, para todos crescermos na fé e no testemunho da alegria pascal.

Os Passionistas são uma Congregação Religiosa fundada por S. Paulo da Cruz, em 1720, e estende-se hoje a 59 países nos 5 continentes. Tem como carisma a vida em comum e como desígnio de missão o anúncio do Evangelho de Cristo. Assume como espiritualidade fazer memória da Paixão de Cristo e faz deste imperativo um compromisso expresso e um voto específico. Quereis deste modo, Irmãos e Irmãs Passionistas, unindo-vos em contemplação ao mistério da Paixão de Cristo partilhardes também a sorte dos que sofrem e trabalhar para superar as causas do mal no mundo.

Cumpre-me, hoje, uma particular referência à Comunidade de Santa Maria da Feira. Vós, Missionários Passionistas iniciastes a vossa presença na Diocese do Porto, no dia 9 de maio de 1965. Há já cinquenta anos. Aqui erguestes desde 1967 a Escola Apostólica. Aqui construístes, desde 1968, o Seminário de Santa Cruz. Aqui permaneceis, hoje, com renovado entusiasmo e crescente dinamismo pastoral. Venho agradecer a Deus a vossa presença missionária e este percurso apostólico ao serviço da nossa Diocese, muito particularmente nestas Terras de Santa Maria. Quero celebrar este dia aqui, convosco e para vós, para daqui partirmos rumo ao futuro com renovado entusiasmo inspirados pelo vosso carisma e ancorados no vosso testemunho sacerdotal e missionário.

3. Iniciamos hoje também a Semana da Vida sob o tema: Vida com dignidade - uma opção pelos mais fracos. Somos convidados em cada um dos dias desta semana a termos presente uma das seguintes intenções: acolher a vida nascente (dia 11); o dom das crianças (dia 12); cuidar dos doentes (dia 13) partilhar com os pobres (dia 14);  celebrar e valorizar a família (dia 15): amparar os idosos (dia 16).

Afirmemos, irmãos e irmãs, nesta Semana da Vida e sempre o valor sagrado da vida com dignidade e sejamos mensageiros corajosos desta opção da Igreja pelos mais frágeis. Queremos ser, como nos propõe o Papa Francisco, uma Igreja pobre ao serviço dos pobres.

Sejamos anunciadores felizes deste Deus de bondade, de misericórdia, de perdão e de paz, que nos enviou o seu Filho Jesus de quem celebramos o memorial da sua Paixão e a alegria da sua Páscoa. Somos chamados a sermos testemunhas do amor de Deus sobretudo junto dos cansados da vida, dos empobrecidos de bens indispensáveis, dos privados de esperança. A prova da nossa fé deve ter este rosto de proximidade e de serviço aos valores do evangelho inspirados e fortalecidos pela paixão, morte e ressurreição de Jesus Cristo, que celebramos em cada Eucaristia.

Que S. Paulo da Cruz, vosso fundador e padroeiro, vos proteja, guie e ilumine e nos abençoe também a nós.

Santa Maria da Feira, Igreja dos Missionários Passionistas, 10 de maio de 2015

António Francisco, Bispo do Porto

 
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Quer receber as nossas novidades no seu e-mail? Subscreva a nossa Newsletter especificando o seu endereço de e-mail:

Missa da Peregrinação diocesana do Porto de 9 de Setembro 2017

Angelus TV

D. António Maria Bessa Taipa em entrevista à Voz Portucalense
2017-10-11 16:12:03
Powerpoint + PDF
2017-10-09 11:26:12
Recursos gráficos
2017-09-19 13:45:08
Formato ICS (Google, Outlook, iCal, ...)
2017-08-21 15:07:09
Faixa publicitária
Faixa publicitária


© Diocese do Porto, Todos os Direitos Reservados.