Faixa publicitária
D. António Taipa: visita pastoral a Gueifães PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Notícias - Notícias Vigararias

No domingo 28 de janeiro de 2018, terminou a Visita Pastoral a Gueifães, realizada por D. António Taipa. Do primeiro ao último dia decorreu de uma forma muito natural e afetuosa, de modo que como em qualquer outro dia o nosso Bispo poderia vir conhecer, na verdade, o que é esta paróquia e ela o poderia conhecer na proximidade amiga de verdadeiro pastor.

Depois de recebido por alguns representantes do Conselho Pastoral da Paróquia, D. António Taipa foi  seguindo o percurso previamente traçado. Se o primeiro dia foi dedicado às instituições da freguesia, no dia seguinte visitou os doentes, rematando-o com a assembleia paroquial.

 

Sexta feira foi dedicada às várias escolas sediadas em Gueifães, onde professores e alunos lhe dispensaram um simpático acolhimento, terminando o dia com o encontro com os crismandos.

O sábado foi destinado aos que andam na Catequese, crianças e adolescentes, que o abraçaram com carinho e alegria.

A forma mais perfeita de todos agradecermos e louvarmos Deus  por aquilo que só Ele sabe o que será o fruto desta Visita foi a Eucaristia dominical, em que foram  crismados  os que este ano se prepararam para o Sacramento da maturidade cristã.

É de supor que este encontro tenha contribuído para que o nosso Pastor fique mais entranhado pelo cheiro das ovelhas desta comunidade. E com a gratidão que se pode exprimir pela palavra Obrigado pelo que D. António Taipa nos disse e nos fez, deixo aos leitores estes passos da sua homilia:

“Senti-vos como uma comunidade feliz, criativa, aberta à novidade, capaz de respostas novas a solicitações novas. Em comunhão com o vosso pároco, o P. António Orlando, no seu dinamismo e inteligência pastoral, no seu entusiasmo e alegria, na dedicação inteira ao vosso serviço, que eu vi e senti, e pelo que lhe significo o meu cumprimento e a minha felicitação. E a minha ação de graças a Deus. Também a mim tudo isto me entusiasmou. Peço ao Senhor, ao Bom Pastor, continue a abençoar-te e a inspirar-te para bem desta Igreja que aqui é, que aqui está e vive. Gueifães.

E depois senti-vos também uma comunidade particularmente hospedeira.

Agradecemos-vos toda a simpatia. Disto tudo, que ficou? Para mim e para vós? Deus sabe. Agradecemos-lhe, e pedimos nos faça fiéis a mim e a vós àquilo que nos foi dizendo nas diversas atividades”.

 
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Quer receber as nossas novidades no seu e-mail? Subscreva a nossa Newsletter especificando o seu endereço de e-mail:

Missa da Peregrinação diocesana do Porto de 9 de Setembro 2017

Angelus TV

Suplemento
2018-02-21 12:45:20
Boletim
2018-02-21 12:43:29
Brochura
2018-02-01 11:15:16
Guia de leitura - Capítulo IV Amoris Laetitia
2018-01-23 20:27:21
Faixa publicitária
Faixa publicitária


© Diocese do Porto, Todos os Direitos Reservados.