Faixa publicitária
“Por favor, não olhem para a vida a partir da varanda, entrem na vida” PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Notícias - Notícias

Na Missa da Bênção das Pastas, o bispo do Porto apelou aos finalistas universitários para que construam uma sociedade humana. Assinalou que Deus é o “amor que nos quer a todos como irmãos, em ordem a constituirmos uma comum família humana”

Milhares de fiéis na Bênção das Pastas de 2018, numa celebração dedicada aos estudantes universitários finalistas, que decorreu junto ao antigo edifício da Cadeia da Relação do Porto, no domingo dia 6 de maio. Em pleno início da semana da Queima das Fitas, foi no Largo do Amor de Perdição que o bispo do Porto falou de um Deus que é amor. Um Deus que permite que sejamos seus filhos através de Jesus. Pois, “sem Jesus não o atingiríamos” – afirmou.

 

Lembrando as leituras do VI Domingo da Páscoa, D. Manuel Linda referiu-se à Primeira Leitura retirada do Livro dos Atos dos Apóstolos que apresenta “um Pagão, visto com muita desconfiança pela mentalidade dominante daquela altura. Era um oficial do Exército Romano chamado Cornélio. E ele entra no seio da Igreja, porque esta mensagem de que todos são filhos do mesmo Deus, é mesmo para todos” – disse o bispo do Porto.

Segundo D. Manuel Linda “a obra da Igreja ao longo destes dois mil anos é espalhar esta notícia: de que Deus é este amor que nos quer a todos como irmãos, em ordem a constituirmos uma comum família humana.”
D. Manuel Linda lembrou o “reconhecimento dos direitos humanos e da vida humana da conceção até à morte natural” e frisou que para esta “tarefa de fazer desta humanidade uma só família, a Igreja conta com todos os saberes e com todas as colaborações”.

Mas “só um coração humano pode fazer uma sociedade humana” – referiu o bispo do Porto dirigindo-se em concreto aos finalistas universitários presentes nesta celebração: “É nesta linha caros finalistas que eu olho para vós, vejo as vossas caras simpáticas e adivinho os vossos sonhos de intervenção neste mundo”.
D. Manuel Linda fez um apelo de missão a todos os estudantes pedindo para serem protagonistas de mudança: “”Queridos jovens, por favor, não olhem para a vida a partir da varanda, entrem na vida. Caros jovens, não olheis para a vida a partir da varanda, para ver quem passa, sejam aqueles que passam, para fazer desta vida uma vida mais humana”.

“Pensai nos outros” – assinalou o bispo do Porto fazendo um convite aos estudantes para estarem atentos a um chamamento de Deus para uma vocação religiosa: “Porventura, não sabereis que nós na Igreja temos muitas vagas por preencher para o ministério sacerdotal e para outras funções dentro da Igreja. Alguns de vós sentem o chamamento? Seria muito agradável que algumas vagas fossem preenchidas por vós.”

D. Manuel Linda saudou calorosamente também as mães dos finalistas presentes na Eucaristia por ser aquele domingo o Dia da Mãe: “As pastas que tendes neste momento no ar são um tributo às vossas mães. Eu convosco saúdo cada uma das vossas mães”. O bispo do Porto pediu aos jovens para não esquecerem que este mês de maio é dedicado a Nossa Senhora e declarou: “ Nunca vos afasteis do colo maternal dela”.

No final da celebração o bispo do Porto abençoou solenemente os finalistas. Com eles também as suas famílias que estiveram presentes em grande número nesta Eucaristia preenchendo grande parte das ruas junto ao Largo do Amor de Perdição, onde estavam os finalistas, e ao longo do Jardim da Cordoaria, contíguo ao local da celebração.

Por Rui Saraiva - VP

 
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Quer receber as nossas novidades no seu e-mail? Subscreva a nossa Newsletter especificando o seu endereço de e-mail:

Entrada Solene de D. Manuel Linda na Diocese do Porto

Agência Ecclesia

Brochura Caminhada
2018-11-14 16:53:38
Word - V5
2018-11-06 15:59:47
PDF - V4
2018-11-06 15:45:09
Semana dos Seminários
2018-10-22 15:26:09
Faixa publicitária
Faixa publicitária


© Diocese do Porto, Todos os Direitos Reservados.