Faixa publicitária
Eucaristia, devoção mariana e o Papa Francisco PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Notícias - Notícias

Na Solenidade do Corpo de Deus, D. Manuel Linda, presidiu à Procissão pelas ruas da cidade do Porto e exortou os fiéis para a centralidade da Eucaristia nas suas vidas, a importância da devoção mariana na espiritualidade cristã e também para serem uma Igreja de rosto concreto da qual é exemplo o Papa Francisco.

Nas palavras que proferiu no final da sua primeira Procissão do Corpo de Deus no Porto, nesta quinta-feira dia 31 de maio, D. Manuel Linda recordou S Tomás de Aquino que chamava “à Santíssima Eucaristia, ao Corpo e Sangue de Jesus, o ‘Sacramento dos Sacramentos’ ”. “Um sacramento que sintetiza todos os outros” – disse o bispo do Porto.

 

D. Manuel Linda assinalou que “a fé cristã impulsiona novas formas de vida e novas formas coletivas de procura” – afirmou o bispo do Porto sublinhando que a fé é esperança e a “nossa sociedade tem fortes débitos de esperança”. “E a nossa esperança é útil para a sociedade” – frisou.

“Nós, no Corpo de Cristo, vemos o sacrifício máximo da sua doação” – salientou D. Manuel declarando que “se Ele se doou, a nossa vida de fé só tem sentido na doação aos outros”.

O bispo do Porto recordou as 14 obras de caridade, porque a “fé é verdade para o mundo” e “caridade que nos impulsiona”. O Porto deve, assim, ser “cidade e diocese eucarística” – afirmou.

D. Manuel Linda referiu três elementos a ter em conta na vida dos cristãos: partir sempre da Eucaristia e da sua centralidade, impulsionar e promover a devoção a Maria, Mãe de Jesus e depois ser uma Igreja de rosto concreto, da qual é cabeça o Papa.

A este propósito, o bispo do Porto, que regressou nesta quarta-feira de Roma, informou que esteve com o Santo Padre e que ele pediu para “transmitir a sua bênção” aos diocesanos do Porto. “O Papa Francisco tem-nos no coração e nós temo-lo a ele no coração” – declarou D. Manuel Linda recolhendo um aplauso espontâneo da assembleia de fiéis.

“Conto convosco para o próximo ano” – disse D. Manuel Linda concluindo a sua intervenção.

A Procissão do Corpo de Deus é promovida pelo Cabido Portucalense na cidade do Porto com um percurso que começa na Igreja da Santíssima Trindade passando pela Praça Humberto Delgado, Avenida dos Aliados, Praça da Liberdade, Praça Almeida Garrett e Avenida D. Afonso Henriques, culminando no Terreiro da Sé.

Com esta manifestação pública da sua fé, os católicos querem simplesmente anunciar a todos a sua convicção de que Jesus Cristo é o seu único Salvador e que só na Eucaristia está o sinal da unidade, o vínculo do amor, a única força capaz de transformar a humanidade.

Com intermitências episódicas por motivos circunstanciais, esta procissão realiza-se no Porto desde 1417.

Por Rui Saraiva - VP

 
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Quer receber as nossas novidades no seu e-mail? Subscreva a nossa Newsletter especificando o seu endereço de e-mail:

Entrada Solene de D. Manuel Linda na Diocese do Porto

Agência Ecclesia

Ficha de inscrição e programa
2018-06-13 15:14:45
Ficha de inscrição
2018-06-11 11:58:35
Panfleto informativo
2018-06-11 11:56:53
Folheto
2018-05-04 16:29:44
Faixa publicitária
Faixa publicitária


© Diocese do Porto, Todos os Direitos Reservados.